Construindo um Sobrado

Experiências com a mão de obra


Esse post tem um pouco de lamentações e folguedos, desentendimentos e reconciliações com a nossa mão de obra. Se fosse um música talvez poderia ser uma paródia de “O Cravo Brigou com a Rosa”

O cravo brigou com a rosa,
Debaixo de uma sacada,
O cravo saiu ferido,
E a rosa despedaçada.

O cravo ficou doente,
A rosa foi visitar,
O cravo teve um desmaio,
E a rosa pô-se a chorar

Tá bom, nem tanto assim…ninguém brigou debaixo da sacada e nem ficou despedaçado e ferido (a não ser alguns revestimentos da suíte). Com 210 dias de obras, todos estão vivos e convivendo muito bem. Logo abaixo seguem algumas constatações e considerações sobre minhas experiências pessoais com a mão de obra contratada.

É bem importante salientar que esses são dramas e conquistas PESSOAIS e não refletem um padrão de mão de obra, ok? Então não é o propósito generalizar pois a mão de obra na construção civil muda drasticamente e varia muito de profissional para profissional.

Pois bem, entendido isso, vamos a algumas constatações.

Contrato da mão de obra para construção

Contratamos um construtor que nos cobrou R$ 450,00/m² construído, com uma equipe de 4 homens, tipo “All Inclusive“…kkkkk. Fundações, alvenaria, hidráulica, elétrica, pintura, revestimentos, limpeza da obra…tudo incluído. Isso foi bom e ruim.

Prós:

Seguem alguns pontos positivos e facilidades que encontramos e vivenciamos com nossa mão de obra.

  • Economia de material: Os construtores são bem econômicos e o desperdício de material é pouquíssimo e, sempre que possível, reaproveitam o material que vai sendo liberando de um lugar para o outro.
  • Economia de tempo: O construtor faz tudo… marcenaria, hidráulica, elétrica, revestimentos, pintura e tudo mais. Não precisamos ficar correndo atrás de orçamentos para mão de obra de vários profissionais. Isso economiza muito tempo e corre-corre.
  • Obra Homogênea: Como é um equipe só, todas as etapas são previstas e executadas com conhecimento global da obra. Todos sabem de onde veio e para onde vai o cano e o fio. Todos tem o conhecimento do que há embaixo do piso, dentro da parede e os trabalhos são executados com preparo e deixando esperas para a continuação da etapa seguinte.
  • Confiança: Contratamos um construtor que obtivemos ótimas recomendações sobre a honestidade e o bom trabalho. Com isso deixamos ele autorizado em uma rede de materiais de construção onde ele mesmo solicita e pega o material que precisa para o dia e, aquelas pequenas faltas na obra, como pregos, cimento, encanamento, mangueira, madeiras, cola, entre outras coisas pequenas, evitam que eu saia do meu trabalho para ir comprar e entregar o que faltou.
  • Trabalho em feriado: Muitos feriados nossos construtores estão lá firmes e fortes, isso é muito bom 🙂
  • Experiência: Nosso construtor tem 50 anos de experiência em obras e 65 anos de idade e isso nos dá uma vantagem por sua enorme experiência.

Contras:

Seguem algumas infelicidades que tivemos com nossa mão de obra.

  • Falta de especialidade: Ninguém é super-herói que faça tudo com perfeição. Ou pinta bem, ou coloca piso bem, ou faz elétrica bem. Nosso construtor faz tudo, mas não faz tudo bem feito. Os revestimentos dos banheiros não me agradou e algumas juntas e recortes dos porcelanatos das paredes não ficaram bons. Já pedimos para outro profissional colocar os porcelanatos do chão.
  • Lentidão da obra: Nosso construtor foi gradativamente diminuindo o ritmo de trabalho, e pior, no decorrer da obra foi pegando outras obras para conseguir mais dinheiro e alguns dias dividindo a equipe em duas obras.
  • Falta de rigor científico: Nosso construtor deixa de consultar os projetos e tenta fazer as coisas por “instinto e adivinhação” e eu tenho que estar 2 vezes por dia na obra de olho para corrigir “erros de rota”…kkkk
  • Prazo: Nossa obra foi previsa para março (estamos em fevereiro) mas não temos piso, janelas, pintura e nem elétrica prontos :/
  • Atualização: Nosso construtor tem 50 anos de experiência em obras e 65 anos de idade, mas parece que algumas vezes ele tem dificuldade e resistência com os materiais mais modernos e à inovação.

Se eu estiver me esquecendo de alguma coisa minha noiva logo vai dizer…”amor…você esqueceu daquilo…lembra?” hehehhe

E vocês caríssimos vizinhos? Algum drama ou surpresa para contar sobre mão de obra???

Anúncios

17 thoughts on “Experiências com a mão de obra”

  1. Oi Alan!
    Nossa, muito bom teu post!
    Na verdade já ficou até com um pouco de medo de quando chegarmos nesse estágio.
    O problema da construção é esse stress todo que envolve todos os fornecedores e mão de obra. Já me preparei psicologicamente para isso mas sei que mesmo assim vou me incomodar! hehe
    Vou ficar atenta a todos esses detalhes na hora de contratar!

    Abraços!

    Curtir

    1. Oi Vizinha! Que bom tê-la de volta pela vizinhança…Olha só, a mão de obra dá problema mesmo mas é tri bom! kkkkk….dica master é: ficar de olho todo dia, pessoalmente ou algum familiar ou amigo de confiança…sempre!!!

      Curtir

  2. Olá Alan,

    Gostei muito do seu post, e me identifiquei com ele, pois, neste momento estamos passando por uma fase super parecida em nossa obra, onde questionamos e relatamos nossos dramas com relação a mão de obra!
    Não contratamos construtora, foi direto com empreiteiro que tem uma equipe para executar os serviços necessários, tipo all inclusive tbm kkk exceto algumas coisas (gesso, pintura, pedras, etc) e a compra do material é por minha conta, preferi assim para ter mais “controle” sobre as coisas, mas como isso é difícil viu, ter controle sobre tudo numa obra!
    O que me deixa muito incomodada e triste é a questão de desperdício, não sei como são nas outras obras, mas sinto que não houve preocupação com isso – claro, pimenta nos olhos dos outros é refresco!
    Morro de medo – como disse a Thais – de acabar a “paixão” e começar a encontrar vários defeitos, depois de estar morando na casa! Isso ninguém merece!
    Sabemos que ninguém é perfeito, erros acontecem mesmo, é preciso ficar em cima, acompanhando tudo o que fazem na obra, independente da experiência que possuem, pois eles tem muitas coisas para fazer, querem mais é produzir, produzir e a qualidade fica de lado.
    Penso que é muito mais prazeroso e simples, fazer as coisas com esmero, dedicação para evitar desgostos, retrabalhos…. no final todo mundo saí feliz! Mas isso meu amigo, infelizmente é um sonho muito distante!
    Enquanto isso, seguimos confiando e pedindo a proteção divina em nossos caminhos!

    Abraços para vocês,
    Ju Monteiro – MCBN

    http://www.minhacasanobarranco.com.br

    Curtir

  3. Instinto e adivinhação?? ashuashuashu essa foi foda.

    Eu não contratei construtora, fechei direto com os pedreiros, mas te entendo quando diz que não se pode ser ótimo em tudo. Os pedreiros aqui foram uma maravilha, sempre elogiei eles no meu blog, super honestos, trabalhadores e caprichosos… Maaaassss…. Não são perfeitos em tudo. E sabe que eu tava tão feliz com o trabalho deles que nem reparei nas coisas que eles não fizeram direito?Parece mentira, mas é tipo pessoa apaixonada que não enxerga os defeitos sabe? E agora a paixão acabou e eu to vendo tudo! ashuashua (que papo esquisito). Só agora, morando na casa faz um tempo já eu reparei que o recorte do piso no ralo dos box ficou muito ruim, paredes fora de prumo, rejunte mal feito, pastilhas tortas (tá vai, esse eu percebi na hora, mas fingi que não vi).

    Mesma coisa o encanador… Nossa, que ótimo que ele é, manja demais, muito prestativo, etc… Mas agora que tudo acabou to até com raiva dele por algumas coisas, tipo nos banheiros que ele fez os registros saltados pra fora achando que ia porcelanato nas paredes (mesmo eu falando que não ia… e até no lavabo… quem hoje em dia azuleja parede de lavabo??).

    Mas voltando à sua obra… Pelo que vc tá dizendo, acho que as vantagens compensaram as desvantagens. O preço está realmente bom considerando tudo que está incluso.

    Abraços pra vc e pra patroa!!

    Curtido por 2 pessoas

    1. Thaís, agora você me deixou preocupado… Heheheh….será que depois de me mudar vou achar mais coisa torta ainda??? Afff Que coisa séria, to achando mesmo que mão de obra perfeita é impossível. Não vi ninguem dizer que tudo saiu perfeitamente :/

      Curtido por 1 pessoa

  4. Olá
    Mão de obra é a parte mais delicada de uma obra com certeza. Eu me identifiquei com os prós e contras pois também contratei um empreiteiro que tem alguns pedreiros fixos e para algumas situações chama outros especialistas como para eletrica, hidraulica, telhado… Eles olham cegamente o projeto e já aconteceu de colocarem uma viga desnecessária (erro do projeto) e também de não seguirem o projeto em outras situações, pq acharam q o projeto estava errado (depois da experiência da viga desnecessaria). Também sinto falta de inovações, eles sempre trabalham do mesmo jeito, com os mesmos materiais… mas no geral, por enquanto (batendo na madeira) está tudo indo bem…mas sempre ficamos em cima e perguntamos tudo, tiramos todas dúvidas, porque a comunicação é dificil, não falamos a mesma língua hahaha! eu tenho uma agenda em que anoto tudo que conversamos, ali na frente deles mesmo, porque eu esqueço e assim evitamos mal entendidos.
    Abs
    Ana

    http://tijolinho-a-vista.blogspot.com.br/

    Curtir

    1. Ana, parece que cá é como lá…hehehe
      Ótima ideia da agenda! Falando sobre inovação eles sempre têm resistências….mas vamos indo!

      Eu também estou satisfeito com a mão de obra pois no geral está bom…para os meus eu daria nota 8,5!

      Curtir

  5. Oi Alan, nossa você escreveu a pura realidade!!!
    É bem assim mesmo, quando contratamos Construtora, tem os prós que é a Economia de Tempo (que para nós foi o fator que nos levou a contratar uma construtora).
    Agora só fica alerta em relação ao material, já que eles pegam no seu crédito, para não pegarem material a mais, para uso pessoal ou em outras obras. Mas acredito que você deve fiscalizar muito isso, percebi que você é detalhista.
    Mas tudo que você descreveu do contra, eu me identifiquei!! Nossa não é só sua experiência não, e acontece com todos!! Eu não sei qual é a desses profissionais. Se empreitam uma obra, vão até o fim! Se o cliente quer inovar, corre atrás, pesquise, se atualize!! Aff…é sempre aquela velha desculpa, “ah mas eu nunca trabalhei com isso”, “mas vai sair muito caro, não compensa fazer!!”
    Nossa obra também atrasou e muito! Só que não foi só culpa da construtora, foi culpa da empresa que nos forneceu as pedras (peitoris e soleiras) que por fim atrasou a empresa que nos forneceu os vidros, que por fim atrasou outros serviços!!
    O problema da construção é que um fornecedor depende do outro para fazer o serviço, e nós dependemos de todos eles!
    E é verdade viu, li no seu comentário em resposta a Mili, tem que ficar esperto com o Contrato, é o certo mesmo, especificar todo o serviço. É que muitas vezes na pressa para fechar o contrato e começar a construir, deixamos passar detalhes importantes!
    E sim, eles adoram “economizar” com o material e a mão de obra, para sobrar mais dinheiro pra eles. Tenho dois exemplos: Meu marido exigiu que todo o nosso encanamento fosse de um determinada marca, porque descobriu que eles estavam comprando de uma inferior, dai fez eles devolverem. E um dia meu marido ouviu escondido, o nosso mestre de obras tentando negociar com o pintor (um serviço que fizemos a mais na casa) tipo ele queria que o pintor cobrasse R$ 800,00 e sendo que naquele mesmo dia, ele tinha falado para o meu marido que a mão de obra do pintor ficaria uns R$ 1.000 e poucos. Dá pra acreditar??!!!
    Adorei o post, vai ser muito útil para muitos que vão construir agora!!
    E você escreve muito bem!!
    Parabéns!
    Abraço!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Pri! Que bom que gostou e que tem veracidade nas minhas considerações 😉 Isso pode ajudar outros vizinhos 🙂

      É fato! Nem sempre contrarar construtora é sigonificado de ficar depernas para o ar. Tem que comparecer e estar junto na obra porque senão, é certo que vamos ter problemas.

      Me identifique demais com o que você disse sobre “pressa para fechar contrato”…bem assim mesmo e quase caí nessa!

      Curtir

  6. Oi Alan! Oi Raquel!
    Eu e Robson estamos procurando e avaliando os prós e os contras dos tipos de mão de obra oferecidos. Estamos “pendendo” para o lado de uma construtora que financia toda a obra e material pela loja deles mesmo. O que tb nos libera da dor de cabeça da burocracia com papelada dos pedreiros e blá blá blá… e tb evita um pouco dos atrasos nas entregas dos materiais. Eles tb oferecem as visitas de um engenheiro. Se fecharmos com eles teremos que fazer o nosso engenheiro se entender com o engenheiro deles kkkkk…mas nossa obra ficará mais que vistoriada com dois kkkkk…
    Bem…sempre rola aquele medo e insegurança, se estamos fazendo a escolha certa. Mas como vcs mesmo disseram: “Ninguém é super herói que faça tudo com perfeição”.
    O jeito é respirar fundo e seja o que Deus quiser!
    Abraços!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Mili…que decisão importante. Acredito que para chegarmos na melhor solução é preciso perguntar, perguntar, perguntar, perguntar…tudo pra a construtora!

      Nós também cogitamos uma construtora grande de Porto Alegre, mas algumas coisas não me agradaram:

      – Construtora cobraria 12% do valor da obra pra administração
      – A minuta do contrato e o memorial descritivo só poderíamos conhecer na íntegra depois de pago e assinado o contrato :/ esquisito né?
      – Nos orçamentos estava sempre especificado “Acompanhamento e Execução da obra”. Todos sabem que execução é apenas um termo na engenharia que significa “apoio e orientação para conclusão da obra” e não significa que a obra vai ser FINALIZADA.
      – Nos orçamentos dizia que a Mão de Obra seria contratada diretamente com os proprietários da obra, pois se fosse via construtora eles teriam que pagar vale transporte, hospedagem, carteira assinada, férias, 13° e outros encargos trabalhistas.
      – Pedimos para uma conhecida nossa, que tem o esposo engenheiro, verificar a proposta e ele achou muito esquisito os termos da proposta e disse que tinha muitas coisas faltando que nos desse clara garantia.
      – A fama da construtora é sempre economizar e ganhar dinheiro nem que para isso eles não coloquem um impermeabilizante aqui, usem um pouco menos de cimento ali…era o que ouvíamos.

      Dica:
      – pergunte tudo
      – entregue o orçamento ou proposta para um advogado analisar
      – veja se no contrato aparecem todos os serviços prestados, fornecimento de material, responsabilidade sobre a mão de obra
      – se for construtora tem que ficar de olho na obra todo dia, sempre presente porque se deixar pode ser que “economizem” coisinhas para rende mais lucro.

      Boa sorte e se quiser mais informações sobre como foi nosso processo de negociação com a construtora, manda um e-mail. Posso até te enviar a proposta deles para tu comparar com a tua.
      alan.correa.sul@gmail.com

      Boa sorte e sucesso!

      Curtir

      1. Pois é Alan, ficamos de pés e mãos atadas com essa história de contratação de mão de obra.A gente começa a avaliar prós e contra e por fim não sabemos qual é pior… Quem nos indicou a construtora por coincidência foi o advogado que presta serviço para a empresa do meu marido. Quanto a parte de gastos, desperdiço e o não uso de material, nosso engenheiro está sendo pago ( também ) para acompanhamento da obra. Creio que ele no mínimo tem que enxergar se está tendo desperdiço ou se estão deixando de fazer algo.
        Mas temos que sentar e conversar direitinho com o dono da Construtora, e isso nós só vamos fazer quando dermos entrada com a papelada na secretaria de Obras. Não temos nada decidido ainda. Vamos avaliar outras propostas e como você disse: perguntar, perguntar e perguntar kkkk…

        Curtido por 1 pessoa

      2. Ah esqueci de dizer, o dono da construtora disse que teremos que preencher um questionário especificando todo o material que vamos querer. Dizendo: marca, cor, quantidade, tamanho e etc… Não sei se todas as construtoras fazem esse tipo de coisa, pois até agora só conversamos com eles. E sobre o contrato da mão de obra, ele já adiantou que seria por nossa conta. Ele também disse que temos a opção de qual serviço fazer ou não com eles, isso fica a nosso critério e fica especificado em contrato. Mas como disse, não chegamos a pegar o contrato para avaliar ainda. E como disse a Pri: TEM QUE ACOMPANHAR!!!!
        Tenho certeza que os pedreiros nunca mais vão querer me ver depois que acabar a obra kkkkk….

        Curtido por 1 pessoa

Pode comentar...queremos saber o que você tem a dizer!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s